Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

TEU SABOR DE CACHOEIRA FRESCA

Dentre as coisas que me dão prazer
Estão este teu jeito de um bom dia
Esse teu cheiro de flor do campo
Este teu sabor de cachoeira fresca

Desde que acordo e te olho
Já sei que meu dia será ótimo
Pois tenho você perto de mim
Tenho o prazer de te ver

Este teu jeito de bom dia
É o prenúncio de que não preciso de mais nada
Só de você por perto para que o meu dia
Seja realmente um belo dia

Este teu cheiro de flor do campo
É algo irresistível que eu não sei explicar
É um cheiro que entra em meus poros
Que me faz perder o sentido do bom senso
E quase perder a razão...

Este teu sabor de cachoeira fresca
Começa pelos teus beijos sensuais e molhados
Espalhando-se pela pele, encharcando meu corpo
Num louco frenesi, contido, explodindo em cores
Cada vez que te toco, toda vez que tu
De mim se aproxima deixa este gosto de cachoeira fresca...
MÁRIO FEIJÓ
Enviado por MÁRIO FEIJÓ em 26/11/2007
Reeditado em 26/11/2007
Código do texto: T753469
Classificação de conteúdo: seguro

Copyright © 2007. Todos os direitos reservados.
Você não pode copiar, exibir, distribuir, executar, criar obras derivadas nem fazer uso comercial desta obra sem a devida permissão do autor.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
MÁRIO FEIJÓ
Capão da Canoa - Rio Grande do Sul - Brasil, 65 anos
4765 textos (295935 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 19/10/17 16:20)
MÁRIO FEIJÓ