Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Coisas

Às vezes te vejo ao longe, às vezes te vejo bem perto, sem, no entanto estar verdadeiramente desperto.

Passa o dia e passa noite, e eu tento perto chegar, porque no fundo, no fundo, perto de ti quero estar.

Minha musa inspiradora, achei que iria te alegrar. Por saberes que tens alguém que contigo quer estar.

Sou um cara disperso meio distraído às vezes, mas não paro de notar algumas das minhas gentes.

Pessoas belas e sadias, cheias de disposição, para correr por este mundo sem procurar confusão.

Você que é uma delas, me serve de inspiração, para eu me acertar na vida e buscar reparação.

Nas coisas já vividas, onde perdi a direção, como o foco em nossas vidas que necessitava de atenção.

Uma coisa eu te asseguro, nisto pode acreditar, sou um cara que te ama e com quem podes contar.

Vivo assim a minha vida, seguindo só o meu caminho, que em um ponto da curva, se desviou do seu destino.

Mesmo assim encontro espaço para te agradecer, a oportunidade que tive de poder te conhecer.

Neste mundo a gente aprende que tem de se soltar e se estiver com vontade, abrir a boca pra falar.

Não espero resposta, não se preocupe com isto.
 
Estou fazendo o que quero, sem nenhum compromisso.
 
A vida fica mais fácil, quando aprendemos a falar, tudo aquilo que sentimos de dentro querer se soltar.
 
No mais eu só me despeço, sabendo um dia encontrar, você de novo na minha vida, porque aprendi a te amar.
 
Nos bastidores espero, que possa se encontrar, e quem sabe comigo, novamente querer se juntar, ficando claro que tudo será um novo começo, já que todos os problemas vou virar pelo avesso.

Porque não quero outra vez, no futuro encontrar, problemas que como este, estamos juntos a passar.
Wagner Pawlowski
Enviado por Wagner Pawlowski em 26/11/2007
Código do texto: T753652

Esta obra está licenciada sob uma Licença Creative Commons. Você pode copiar, distribuir, exibir, executar, desde que seja dado crédito ao autor original (Wagner Pawowski Queiroz). Você não pode fazer uso comercial desta obra. Você não pode criar obras derivadas.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
Wagner Pawlowski
Belo Horizonte - Minas Gerais - Brasil, 54 anos
71 textos (4094 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 23/08/17 01:50)
Wagner Pawlowski