Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

MESA DE BAR


MESA DE BAR

O travesseiro sabe, mas é mudo.
É meu sonho, calo, não digo
Onírico é teu nome meu amigo
Segredo inviolável, contudo
Sou vítima de teu orgulho.
Tua altivez impede-me de dizer
Quão sublime é este querer.
Sinto-me pequena, estrela sem brilho
Esperando por um gesto de carinho
E tu ficas de bar em bar a beber.

Embriagado, dá asas á fantasia
Afoga tuas ânsias antigas
E deliras com as raparigas.
Bebes teu orgulho com avidez.
Foge da paixão, incerteza, talvez
Dias e noites vão passando,
O tempo de ser feliz ausentando
Á mesa de um bar tu entregas
O grande amor que me negas.
Sou alguém que vive te esperando!


Tânia Mara Camargo
Enviado por Tânia Mara Camargo em 27/11/2007
Código do texto: T754582
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre a autora
Tânia Mara Camargo
Jundiaí - São Paulo - Brasil, 60 anos
508 textos (17576 leituras)
7 áudios (417 audições)
1 e-livros (32 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 24/10/17 09:52)
Tânia Mara Camargo