Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

DIREITO DE SONHAR

Embora me dedica tanta ternura
eu sei, o quanto sua vida e dura,
o quanto trabalha para sobreviver.
Essa tão nobre minha amiguinha
não tem marido,vive sozinha
e eu por ela, nada posso fazer.

Mas palavras, sei o que te significa
noto, que feliz da vida ela fica,
quando lhe digo, que ainda vai vencer.
Que entre um seu momento de dor
peço, que se lembre do meu amor,
e que estou, sempre por ela a torcer.

Apesar da sua árdua luta, do dia a dia
existe em sua voz, uma certa alegria,
quando comigo, ela começa a falar.
Me mostra alegre e esperançosa
e se torna terna e muito carinhosa,
quando falo, que quero a encontrar

Parece que toda sua mágoa se encobre
pois, mesmo sabendo que e tão pobre,
ela sabe, que tem alguem para amar.
Que apesar de toda sua dificuldade
ela, pode ainda sentir felicidade,
por que, tem o direito de sonhar

Embora com um destino tão mesquinho
tem uma alegria,meu sincero carinho,
que pertence somente a ela.
Se hoje, para viver, enfrenta um enduro
sabe que ,num não tão longe futuro,
a felicidade, pode bater em sua janela.
GIL DE OLIVE
Enviado por GIL DE OLIVE em 27/11/2007
Código do texto: T754829
Classificação de conteúdo: seguro
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
GIL DE OLIVE
Campos do Jordão - São Paulo - Brasil
2597 textos (229963 leituras)
31 e-livros (2314 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 23/08/17 03:42)
GIL DE OLIVE