Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Descupas pelo o que eu fiz

Não adianta chorar o que se foi não adianta consertar o que se foi não adianta admitir o que não foi admitido não adianta tentar sem ter chance não adianta falhar se nunca tenha errado não adianta um dia crescer sem aprender não adianta solidão se não existir tristeza não adianta ser feliz sem alegria não adianta mais um dia de vida se não se cuidar. Bem tudo não adianta sem a outra, mas existe uma coisa que adianta e correr atrás dos seus meus erros e pedir DESCULPAS PELO O QUE EU FIZ  que não foi de modo pra te prejudicar.


Criado por: Mayte Marques Lima
Escrito, publicado, corrigido por: Leonardo Santos de Paula
Leo santos
Enviado por Leo santos em 27/11/2007
Código do texto: T755339
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
Leo santos
Cachoeiro de Itapemirim - Espírito Santo - Brasil, 23 anos
9 textos (545 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 17/08/17 03:46)
Leo santos