Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

REJUVENESCI!

Depois de longa espera
despertaste a fera,
no leito da solidão, adormecida,
Refloresceu a vida.

Enlaçaste-me com teus braços e
eu, trêmula, deixei-me guiar
tal qual cego sem orientação,
e como a Salomé bíblica,
em bandeja de prata,
entreguei-te meu coração.

Teus lábios, dois favos de mel,
buscaram os meus e gota a gota,
destilaram palavras de amor,
convertendo-as em néctar,
alimentando minh’alma.

Assim como Zeus procurou Leda,
entoaste teu canto de cisne,
Renasceu a mulher.

Acendeste o sagrado lume da paixão,
tornei-me, por teus beijos, ansiosa.
Não sou mais temerosa
desabrochei como a rosa.

Inalei teu perfume, bebi do teu cálice.
Embriaguei-me. Ri, chorei, não de dor,
Pus-me de joelhos diante
do altar do amor.

Fizeste-me amante...amada...
E não desejo mais nada.
Nesta idade avançada,
Quem diria: REJUVENESCI!
Maria Hilda de Jesus Alão
Enviado por Maria Hilda de Jesus Alão em 23/03/2005
Código do texto: T7561

Esta obra está licenciada sob uma Licença Creative Commons. Você pode copiar, distribuir, exibir, executar, desde que seja dado crédito ao autor original (Cite o nome do autor). Você não pode fazer uso comercial desta obra. Você não pode criar obras derivadas.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre a autora
Maria Hilda de Jesus Alão
Santos - São Paulo - Brasil
848 textos (343075 leituras)
19 áudios (10579 audições)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 03/12/16 18:10)
Maria Hilda de Jesus Alão