Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Passos

Olha, tudo é novo,
tudo é antigo,
tudo é nada demais.
como um sonho
incrivelmente veloz.
um ataque,
um delírio atroz.

Ver teus olhos
de suspiros longos...

Corra, nada é longe,
nada é longo,
nada é tudo isso.
Como uma lembrança
que não aconteceu,
uma inverdade,
uma ferida que não doeu.

Beijar teus lábios
de desejos e flores...
Dil Erick
Enviado por Dil Erick em 28/11/2007
Código do texto: T756473
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
Dil Erick
Macapá - Amapá - Brasil, 30 anos
326 textos (14240 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 23/08/17 15:22)
Dil Erick