Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

A VISÃO

Quando vejo o sol, sinto a energia da esperança
Quando vejo a noite, sinto a força da paixão
Quando vejo a relva, sinto os ares da poesia
Quando vejo o mar, sinto que viajo
Quando vejo a chuva, sinto que banham meus sentimentos.

Quando vejo as flores, sinto que vale a pena viver
Quando vejo uma criança, sinto que nem tudo está perdido
Quando vejo o céu, sinto que meus problemas sempre serão pequenos
Quando vejo o horizonte, sinto que vale a pena sonhar!

Quando vejo as estrelas, sinto que não preciso ser solitário
Quando vejo uma lágrima, sinto que não somos só corpo
Quando vejo o arco-iris, sinto que a vida é linda
Quando vejo um novo dia, sinto que o amor é eterno!

Quando vejo a justiça, sinto que ainda podemos sorrir
Quando vejo a felicidade, sinto que todo empenho é válido
Quando vejo a amizade, sinto que crer não é perda de tempo
Quando vejo o amor, sinto que voce existe!

Mas, quando eu vejo voce..

...sinto que não sei me expressar!

Reinaldo Ribeiro
Enviado por Reinaldo Ribeiro em 29/11/2007
Reeditado em 02/01/2012
Código do texto: T757683

Copyright © 2007. Todos os direitos reservados.
Você não pode copiar, exibir, distribuir, executar, criar obras derivadas nem fazer uso comercial desta obra sem a devida permissão do autor.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
Reinaldo Ribeiro
São Luís - Maranhão - Brasil
1975 textos (151334 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 22/10/17 21:45)
Reinaldo Ribeiro