Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

ARDENDO...

A palavra engasgada
na garganta.
A pele ardendo...

A mão moendo os
própios dedos.
A luz comendo pelas
beiradas, as minhas sombras.

O amor nascendo,
e dias morrendo sem
que eu conheça meus
próprios medos.

O desejo querendo
que a palavra grite:

Tem amor nascendo!
Tem amor nascendo!
Luciane Lopes
Enviado por Luciane Lopes em 29/11/2007
Código do texto: T757962

Copyright © 2007. Todos os direitos reservados.
Você não pode copiar, exibir, distribuir, executar, criar obras derivadas nem fazer uso comercial desta obra sem a devida permissão do autor.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre a autora
Luciane Lopes
Mirassol - São Paulo - Brasil, 46 anos
1215 textos (60420 leituras)
47 áudios (3088 audições)
1 e-livros (120 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 20/10/17 10:14)
Luciane Lopes