Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

A mulher que eu amava

A mulher que eu amava não me ama mais.

Não me dá mais carinho, mais atenção, não me chama de lindo, nem de amorzão.

A mulher que eu amava me abandonou, me deixou com minhas magoas e com a minha dor.

Sinto na alma a dor da partida, mas só há um remédio nas despedidas.

Viver com afinco, buscar uma bossa, tirar bem depressa o cheiro da fossa.

Aprenda a viver, a curtir seus momentos.

Pois tenha certeza, quando menos se espera, chegou seu momento.
Wagner Pawlowski
Enviado por Wagner Pawlowski em 30/11/2007
Código do texto: T758637

Esta obra está licenciada sob uma Licença Creative Commons. Você pode copiar, distribuir, exibir, executar, desde que seja dado crédito ao autor original (Wagner Pawowski Queiroz). Você não pode fazer uso comercial desta obra. Você não pode criar obras derivadas.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
Wagner Pawlowski
Belo Horizonte - Minas Gerais - Brasil, 54 anos
71 textos (4094 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 19/08/17 23:25)
Wagner Pawlowski