Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

COMO DUAS LINHAS PARALELAS.

A música está tocando, não em meus ouvidos, mas, em meu coração.
Fecho os olhos e nos vejo  dançar, rostos colados, suados.
Não quero abrir meus olhos nesse momento para não te perder novamente.
Mas não se perde um amor com o tempo.
Ele apenas amadurece, e enriquece, ele aprimora os sentimos.
O amor é como duas linhas paralelas que caminham lado a lado.
E nesse caminho suavizado pela sobra de nossos corpos.
E o perfume de nosso suor.
Aprendi que não importa a distância que percorremos.
Nunca vamos nos perder por que somos como duas linhas paralelas.
Que andamos lado a lado, mas sem si sobrepor uma a outra.
Porque amor é isso, são duas pessoas que caminham juntas, mas que são notadas como uma só, mas que não podem se separar, porque como as linhas paralelas, se uma faltar,  pode vim alguém e ultrapassar.
Por isso amor eu sei, que somos dois, mas, na verdade somos um, no momento do amor, no momento da paixão.
Somos passado e futuro,
Somos presente, com muito sorriso e alegria, somos abraços,
Somos loucuras, somos um homem e uma mulher, caminhando lado a lado, mas entrelaçados.


MARIEL BENAION
Enviado por MARIEL BENAION em 30/11/2007
Reeditado em 17/07/2013
Código do texto: T758716
Classificação de conteúdo: seguro

Copyright © 2007. Todos os direitos reservados.
Você não pode copiar, exibir, distribuir, executar, criar obras derivadas nem fazer uso comercial desta obra sem a devida permissão do autor.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre a autora
MARIEL BENAION
Manaus - Amazonas - Brasil
116 textos (20735 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 21/11/17 14:00)
MARIEL BENAION