Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

A morte da bezerra

E se o amor chega tudo muda pra sempre
Só enquanto ele durar
E fica aquele colorido eterno enquanto
O amor durar.

A vida acende aquele mosaico
De todas as cores
Brilhantes que não ofuscam
Exageradas que não incomodam.

Do coração espirra
Um monte de esperanças
A cabeça roda povoada de planos
A vida cheia de vida.

Desejo de bobo
De apaixonado
De construir coisas juntos
De escrever uma história de conquistas.

É o amor que faz os dias
Bailarem e não passarem
É doce e não melado
É dinâmico e não rápido
É terno e não quente.

E se só porque está a suspirar
Alguém perguntar:
“Está pensando na morte da bezerra?”
Com a boca boba você responderá:
“Não, na bezerra!”
Carlos H F Gomes
Enviado por Carlos H F Gomes em 30/11/2007
Código do texto: T758949
Classificação de conteúdo: seguro
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
Carlos H F Gomes
São Paulo - São Paulo - Brasil, 45 anos
204 textos (13722 leituras)
1 e-livros (27 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 18/08/17 01:50)
Carlos H F Gomes