Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

DESFAZENDO AS MALAS

Senti o desfazer das malas...
A voz quando cala
O que busca ouvir?
Senti o recolher de um sonho
Como num instante “insano”
Fez-me o vazio sentir
Senti o imaginário apagar
A não lembrar, a não querer guardar
As historias que queria contar
Senti as emoções recolherem-se
Como a buscar outros lugares
Pra se aconchegar
Senti os sentimentos
Romperem os elos
Que estavam a se construir
E me perguntei:
Por que eu deixei
Sentimentos, emoções
Assim fugir?
Senti o meu coração
Ser fatiado em finas camadas
O que era antes feito em chamadas
De amor declarado, decifrado,
Como em contos, bom de ler
Adormeceu, agachou-se num canto
Abaixando a cabeça
Como a não querer ver
Então ao ostracismo foram jogados
Pro lado
A bela historia que poderia ser...

Mas volto a declarar
Amor a vida que me inspira
Renova-me, me constrói
No amanhecer

JORGE BRITTO
Enviado por JORGE BRITTO em 01/12/2007
Código do texto: T760263

Copyright © 2007. Todos os direitos reservados.
Você não pode copiar, exibir, distribuir, executar, criar obras derivadas nem fazer uso comercial desta obra sem a devida permissão do autor.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
JORGE BRITTO
Sumaré - São Paulo - Brasil
375 textos (37825 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 16/08/17 19:09)
JORGE BRITTO