Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

SER,OU NÃO SER POETA HEIS A QUENTÃO!

Ser poeta não é obter de uma folha virgem em branco de papel e mancha-la com prolixidades fúteis.
Não é desvirginar a pureza da veia poética
e  jorrar efemérides sobre a planície do saber.
Ser poeta não é ecoar aos quatro ventos o barbarismos do cotidiano,
o não narrar o desfecho, mas aferrolhar as iniquidades do fútil.
Não é achincalhar a emoção dentro do contexto do libido,
mas é ser, estar, em concomitância com as emoções e com o prazer. É privilegiar-se em ter anjos em colóquios nas profundezas d'alma e extrair do fundo do intelecto a pureza e a suavidade da poesia nas emoções.
Ser poeta é planar nas asas da imaginação e sonhar acordado mesmo que estejamos dormindo.
Deixar fluir os resquícios de seu ego e esquiar nas nuvens do saber.
Contactar com os anjos com as suas arpas celestiais e escorregar como gotas no orvalhar das manhãs.
Cavalgar junto aos pirilampos iluminando os nossos seguimentos poéticos.É conversar com DEUS todos os dias adicionando-nos a sua verve.
Diney Marques
Enviado por Diney Marques em 01/12/2007
Reeditado em 27/06/2017
Código do texto: T760751
Classificação de conteúdo: seguro

Esta obra está licenciada sob uma Licença Creative Commons. Você pode copiar, distribuir, exibir, executar, desde que seja dado crédito ao autor original. Você não pode fazer uso comercial desta obra. Você não pode criar obras derivadas.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
Diney Marques
Uberaba - Minas Gerais - Brasil
359 textos (53338 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 23/10/17 15:50)
Diney Marques