Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

FLORES MORTAS!


Alma... imenso jardim,
Onde pousa a esperança,
Onde o coração comanda...
E volta a ser criança;
Iluminada....
É recanto onde o amor habita,
Constante desafio entre o bem e o mal...
Tampouco não se lê,
Porque já vem escrito,
Um pouquinho de mel...
Um pouquinho de sal!
Alma minha vive embriagada,
Se entrega e na busca desenfreada,
Abraça a fantasia, ilusão que nunca vem...
Mas... forte também esquece,
Rasga a lembrança, arranca e maltrata
Tudo aquilo que não me faz bem!
Ela em meu peito mora sem maldade...
Em ti é fera, causando dores,
Alma...
Hoje guardei a saudade...
Pois em mim já morreram as flores!
Rosario Cavalcante
Enviado por Rosario Cavalcante em 01/12/2007
Código do texto: T761103

Copyright © 2007. Todos os direitos reservados.
Você não pode copiar, exibir, distribuir, executar, criar obras derivadas nem fazer uso comercial desta obra sem a devida permissão do autor.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre a autora
Rosario Cavalcante
Maceió - Alagoas - Brasil
104 textos (4566 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 17/10/17 02:52)
Rosario Cavalcante