Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Essa menina

ESSA MENINA
 
Essa menina
canta comigo
e aos quatro ventos
 
essa menina
de tranças
e flores nos cabelos
 
canta no refrão
das horas vãs
 
os versos soltos no ar
melodia
em cordas e cantiga.
 
Essa menina
toca na ferida
ainda me imagina
 
num gosto de quero mais
- amoras -
querer bem
 
um blues que eu faço tocar
nas noites despedaçadas de luz.
 
Essa menina
toca cítara na chuva
 
e cai o temporal
 
a arquitetura das rosas
disfarçadas de poesia
 
rara esperança
de ver o arco-íris
 
no ardente das tardes
sol poente
 
que finda
de repente.
 
E meu coração
íntima delicadeza

jogo de miragens.
 
Essa menina
de corpo dourado
 
canta ao clarear da lua
embriagada de torpor
 
além dos cinco sentidos.
 
Essa menina
tão distante
tão real
 
coberta de segredos
escrava da ternura
 
coberta de flor
inebria-se
de magia
 
- cálice de fogo -
 
entre a serpente
na beira do cais
 
e palavras tuas
rasgadas à sutil carícia
 
olhos de cristal
 
comme un sceau grave-moi sur ton coeur.
 
L´amour:
vient ouvrir ton âme.
 
Verônica Partinski
Enviado por Verônica Partinski em 02/12/2007
Reeditado em 05/12/2009
Código do texto: T761659

Copyright © 2007. Todos os direitos reservados.
Você não pode copiar, exibir, distribuir, executar, criar obras derivadas nem fazer uso comercial desta obra sem a devida permissão do autor.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre a autora
Verônica Partinski
São Paulo - São Paulo - Brasil
361 textos (12826 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 22/08/17 05:03)
Verônica Partinski