Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Meu afeto



Não será esse desprezo a sua máscara?
Pelo medo por ter se despido,
Por ter se mostrado tão querido!
Tão frágil repousou no colo a sua cabeça,
Parecia mais um menino!
E por mais que tente, seu coração não permite que esqueça?

Por que ataca assim, quem tão bem lhe quis?
Quem não quer mais nada de você
E nem com você.
Quer apenas degustar da sua poesia,
Pois contém toda a magia,
Da mistura de um poeta,
Com um homem,
Um profeta,
Um menino,
Um amigo
E um implacável desafeto.
Mas mesmo assim, querendo ou não,
Terá sempre o meu afeto
E está tatuado no meu coração.
Mel L Frankust
Enviado por Mel L Frankust em 03/12/2007
Código do texto: T762920

Esta obra está licenciada sob uma Licença Creative Commons. Você pode copiar, distribuir, exibir, executar, desde que seja dado crédito ao autor original (cite o nome do autor). Você não pode fazer uso comercial desta obra. Você não pode criar obras derivadas.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre a autora
Mel L Frankust
Goiânia - Goiás - Brasil
749 textos (34687 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 21/08/17 13:29)
Mel L Frankust