Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Perguntas

Não me pergunte como
E nem o porquê,
As rédias da vida
Que o destino guia
Escolheram você.

Não me pergunte como
E nem o porquê,
Te amo mesmo sem saber
O que amar deverá ser.

Não me pergunte como
E nem o porquê,
Do tempo sobram inúteis horas,
Da minha vida resta apenas você.

Não me pergunte como
E nem o porquê,
O polem do teu amor
Concebeu  paz, ao meu inquieto ser.

Não sei como
Nem o porquê,
Te amar é minha sina
E eu amo amar você.
Matheus Mello
Enviado por Matheus Mello em 03/12/2007
Reeditado em 06/04/2014
Código do texto: T763491
Classificação de conteúdo: seguro

Esta obra está licenciada sob uma Licença Creative Commons. Você pode copiar, distribuir, exibir, executar, desde que seja dado crédito ao autor original. Você não pode fazer uso comercial desta obra. Você não pode criar obras derivadas.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
Matheus Mello
São Paulo - São Paulo - Brasil, 29 anos
103 textos (7412 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 18/10/17 03:42)
Matheus Mello