Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Visceral

VISCERAL
 
Ensejos
de trovar claro
e secretamente
 
nas tuas ancas
(e debaixo do teu vestido negro rubro).
 
A súmula possível:
ânsia de folhear,
incansável
 
dentro dos teus guardados
- relíquia rara do meu viver -.
 
Num vai-e-vem
inconstante
 
dentro de tua pele
madura
 
feito rosas de cinderela
despedaçadas na brisa
fresca e doce.
 
Sou colecionador de mistérios
enigmas
 
clássicas canções
de primavera
em teu corpo.
 
Cópulas.
 
A porta está entreaberta
cheiro de amoras no ar
 
Odaliscas.
 
Number 373
 
Epopéia (do amor)
no 27º andar
 
Aguardo instruções
antes de possuir-te.
 
As bailarinas
ruivas
salivam teu nome
 
na dança febril
do ventre
 
e da música
do sexo acústico
 
dentro de pérolas
no azul amargo
do sêmen ainda quente.
 
Num gesto (profano)
que evoca
versos de êxtase
 
e me toca
a parte do lastro lúbrico
 
ainda que tênue
na realidade tão visceral
 
mulheres
feiticeiras do Harém
(como na canção de Sarah  Brightman).
 
Serpentes de fogo
possuem o sétimo cavalheiro do apocalipse
 
guardião dos mistérios da meia-noite
no universo particular de Hades.

 

Verônica Partinski
Enviado por Verônica Partinski em 03/12/2007
Reeditado em 04/12/2007
Código do texto: T763605

Copyright © 2007. Todos os direitos reservados.
Você não pode copiar, exibir, distribuir, executar, criar obras derivadas nem fazer uso comercial desta obra sem a devida permissão do autor.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre a autora
Verônica Partinski
São Paulo - São Paulo - Brasil
361 textos (12826 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 20/08/17 20:31)
Verônica Partinski