Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto


Confio-te os meus olhos


Se meus olhos, 
que a cor do mar reflectem. 
E, que do azul do céu, se clareiam 
São o encantamento que procuras? 
Então cega-me hoje, e me deleito. 
Vem encostar-te ao meu peito! 
E me darás, a luz dos olhos teus. 
E nessa luz, que me acompanhará 
a direcção da minha vida! 
Será o meu guia, e o meu rumo. 
Teus olhos? com a côr dos meus. 
Tornaram-se violeta. 
Que já o não são, de minha posse. 
Mas, que no entrelaçar com os teus. 
Se tornaram baluarte. 
Do enleio, que os envolveu. 
Tua e minha, nossa ventura 
Tua e minha, nossa vida .
Nosso enlaço e meu norte 
E foi, no silêncio da tua madrugada 
de anseios e desejos. 
Que a tua voz, se ouviu! 
dentro do meu coração. 
Foi o eco que me acordou. 
Não! Foi o bater no meu peito. 
Do teu coração no meu. 



De T,ta 
Dezembro de 2007
Tetita
Enviado por Tetita em 04/12/2007
Código do texto: T764069

Copyright © 2007. Todos os direitos reservados.
Você não pode copiar, exibir, distribuir, executar, criar obras derivadas nem fazer uso comercial desta obra sem a devida permissão do autor.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre a autora
Tetita
Setúbal - Setúbal - Portugal
1397 textos (80128 leituras)
65 e-livros (5625 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 21/08/17 02:28)
Tetita