Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Nuvens negras

 

 

  

No conforto das nuvens negras dormi na noite de lua cheia

Não sonhei nem pensei quando acordei apenas lhe chamei

Lá em baixo escutaste meu grito suplicando pelo seu amor

Veio o prazer do bem me quer ao olhar e ver lá essa mulher

Nuvens negras minha cama sigam ela para meus olhos a ter

Não disseram o que sou nem o tamanho do meu grande amor

Deixe a saber que do alto onde vivo sou um ar serei os pingos

Com os trovões num temporal descerei e amarei feito animal

chega o sol me evaporando e pelo seu corpo vou penetrando

Enquanto não acordo vou olhando, vou molhando e a amando

 

Paulo de Tarso Itacarambi
Enviado por Paulo de Tarso Itacarambi em 04/12/2007
Reeditado em 04/12/2007
Código do texto: T764284

Esta obra está licenciada sob uma Licença Creative Commons. Você pode copiar, distribuir, exibir, executar, fazer uso comercial da obra, desde que seja dado crédito ao autor original (Tarcio). Você não pode criar obras derivadas.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
Paulo de Tarso Itacarambi
Poá - São Paulo - Brasil, 57 anos
433 textos (25514 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 18/08/17 02:35)
Paulo de Tarso Itacarambi