Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Trinta segundos!

Eu ali parado, estático,
Só o coração batia acelerado,
Olhar fixo, com endereço certo,
Olhos postos em uma só direção.

Do outro lado da rua, estava ela,
Vestida com uma saída de praia 
branca quase transparente,
Deixava mostrar toda formosura,
Todas as belezas das curvas,
E da pele morena, macia, tenra,
Boca carnuda, bem delineada,
E um sorriso cheio de veneno!!!

Meu coração parecia avisar-me,
Vai explodir, por favor, faça logo alguma coisa...

O sinal abriu, começamos andar,
Os meus olhos seguiam juntos aos dela,
Que andar lindo, parecia flutuar por entre as pessoas,
E quando por mim foi chegando,
Deixou sua mão tocar a minha,
Senti seus dedos bolinar os meus,
Nem precisa dizer... Haja emoção!

Pura adrenalina, puro êxtase, graciosidade, pura sedução...
Tudo vivido em trinta segundos de um sinal de transito,
E Como fez bem... Pro meu coração!












paulo cesar coelho
Enviado por paulo cesar coelho em 26/11/2005
Reeditado em 31/08/2006
Código do texto: T76557

Copyright © 2005. Todos os direitos reservados.
Você não pode copiar, exibir, distribuir, executar, criar obras derivadas nem fazer uso comercial desta obra sem a devida permissão do autor.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Livros à venda

Sobre o autor
paulo cesar coelho
Niterói - Rio de Janeiro - Brasil
2589 textos (470824 leituras)
57 áudios (6064 audições)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 10/12/16 13:19)
paulo cesar coelho

Site do Escritor