Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Condenado a amar, por amar

O que é a paz?
Quem ama não a conhece
Um amor que não se esquece
Não se sabe o que faz

Qual foi o crime cometido?
Acertou-me um estampido
E quem paga sou eu?
Culpado é o cupido
Com sua arma de amor

Sendo então inocente
Não fiz nada de indecente
Por que sou condenado?
Se amar é um castigo
Meu coração está ferido
Seja este o meu pesar

Se amar é um prazer
É prazer dolorido
Em que o sangue é cuspido
Dos olhos a chorar
Qual é o meu delito
Por ser condenado a amar?
Ser culpado por amar?
Marcio Elias Martins
Enviado por Marcio Elias Martins em 05/12/2007
Reeditado em 05/12/2007
Código do texto: T766536

Copyright © 2007. Todos os direitos reservados.
Você não pode copiar, exibir, distribuir, executar, criar obras derivadas nem fazer uso comercial desta obra sem a devida permissão do autor.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
Marcio Elias Martins
Campo Grande - Mato Grosso do Sul - Brasil, 36 anos
41 textos (1539 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 19/10/17 15:12)
Marcio Elias Martins