Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

AMOR QUE NÃO DESAMA

Fruta que não perde seu açúcar, céu de azul mais vivo a cada dia
Dança que conduz a passos íntimos, viagem sobre as nuvens da euforia
Chuva que não cessa seu frescor, vinho que embriaga de alegria
Dádiva de um presente primoroso, sonho que no passado não havia!

Cores que não perdem sua vida, dardos que acertam no seu alvo
Sol que sempre renasce a cada dia; nau a navegar em leito calmo
Chamas cujo fogo nunca morre, bote de emergência onde me salvo
Brisa que o descanso me confere, sonho onde feliz eu me embalo!

Sombras que o sol jamais dissipa, beijo que o sabor nunca termina
Mesa de manjares infindáveis, cenas de lição que tanto ensina
Ruas que ao céu sempre conduz, caricia no meu rosto de seda fina
Altar que sacrifica a falha humana, porta de entrada à luz Divina!

Surtos de emoção que se eternizam, olhar que de abrasado se assanha
Corpo alucinado que reage, beijo eterno que em outro se arranha
Amor que sobe os montes e desce mares, amor leal que não se engana
Paixão que vence guerras e atravessa vales, amor eterno que nunca desama!
Reinaldo Ribeiro
Enviado por Reinaldo Ribeiro em 07/12/2007
Reeditado em 03/01/2012
Código do texto: T768424

Copyright © 2007. Todos os direitos reservados.
Você não pode copiar, exibir, distribuir, executar, criar obras derivadas nem fazer uso comercial desta obra sem a devida permissão do autor.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
Reinaldo Ribeiro
São Luís - Maranhão - Brasil
1975 textos (150988 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 20/08/17 09:38)
Reinaldo Ribeiro