Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

UMA FIGUEIRA LENDÁRIA



Aquela secular árvore frondosa e exuberante,
Seus galhos estendidos iam em toda direção,
Uma figueira lendária que diziam amedrotante,
Em meio a um caminho do meu amado rincão.

Historiavam os moradores que ali passavam,
Que em noites sem luar, em total escuridão,
Horripilantes vozes dela saíam e medravam
O caminhante, mesmo com sua reza e oração.

Quando amanhecia... era lindo o contemplar!
Suas folhas ao vento, baloiçavam sob emoção;
Frutos maduros! Ah! Como era bom degustar!

Ó figueira majestosa, espécime em adoração!
Fizeram de si uma lenda, descabido inventar;
Filha da Natureza, princesa do meu torrão!

Riva. 034
Rivadávia Leite
Enviado por Rivadávia Leite em 28/11/2005
Código do texto: T77450
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
Rivadávia Leite
Vila Velha - Espírito Santo - Brasil
222 textos (4405 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 07/12/16 12:56)
Rivadávia Leite