Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

SOMOS ESTRANHOS:



Somos estranhos:


Quem dera...
Eu ter o privilegio.
De poder, falar de amor.
Com a mesma certeza, que você.
Quando diz que me ama.
Mas, a incerteza me faz vacilar.
Mesmo, quando em minha cama.
Nossos momentos, e de entrega.
Transformados em puro amor.
Sem queixas, sem cobranças.
Mas, um que de angustia fica.
No momento, que nos separamos.
Nos transformamos.
Frios, Indiferentes ficamos.
Como se este sentimento.
Que nos une não existisse.
Que nossas vidas acabassem ali.
Em cada amanhecer de nossas vidas.
Nos despedimos como dois estranhos.
Porque, como dois estranhos vivemos!






Volnei Rijo Braga
Enviado por Volnei Rijo Braga em 29/11/2005
Código do texto: T78025
Classificação de conteúdo: seguro

Esta obra está licenciada sob uma Licença Creative Commons. Você pode copiar, distribuir, exibir, executar, desde que seja dado crédito ao autor original. Você não pode fazer uso comercial desta obra. Você não pode criar obras derivadas.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
Volnei Rijo Braga
Pelotas - Rio Grande do Sul - Brasil, 69 anos
2314 textos (147475 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 08/12/16 06:29)
Volnei Rijo Braga