Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

[A]mando em flor

Não é a flor da vida,
a da juventude,
nem da idade...
Sou criança
cheio de sede e...
repleto de vontade!
A nebulosidade em minha retina
desfez-se em harmonia,
e girassóis de um rosto
belo feito o dia
surgiu após falso luar.
A espera doida,
o grito de socorro
atravessado na garganta.
Quase morro,
mas a fada que me encanta,
em vermelho escarlate,
vem e espanta!
Ah! Quanta audácia
para com um pó de poesia
levantado pela tristeza
e contemplo a fantasia!
Amor bate em meu rosto,
feito pedra preciosa...
Esmeralda
e flores de tulipa,
minha infância que acolhes
nos teus seios. Oh! Poesia...
Amado entrego-me
feito por do sol ao mar,
e as nuvens pelas montanhas,
num bucolismo sem par!
O perfume ao jasmim,
a beleza entregue ao lírio!
A amar-te em amar,
e seus cabelos em vestes
raios solares,
ultrajes
a perfumar
minh’alma
que anseia tua voz.
Um calor em meu ouvido,
uma chama no coração!
Ludiro
Enviado por Ludiro em 22/12/2007
Código do texto: T788598

Copyright © 2007. Todos os direitos reservados.
Você não pode copiar, exibir, distribuir, executar, criar obras derivadas nem fazer uso comercial desta obra sem a devida permissão do autor.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
Ludiro
São Vicente - São Paulo - Brasil, 42 anos
84 textos (2469 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 20/10/17 21:59)
Ludiro