Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

APENAS COM O OLHAR



Eu olhei os seus olhos lentamente,
depois segui de forma decrescente,
procurando encontrar em ti somente
tudo aquilo que procuro loucamente.

Os meus olhos tinham estigma de pecado,
cada espaço do seu corpo, explorado
como se  eu quisesse  ser até notado
com malícia de um lobo esfomeado.

Fui descendo por seu corpo lentamente,
com carícias de  uma forma diferente,
meu olhar até mesmo sempre sente
o calor do seu corpo, inclemente.

Eu, assim, fui seguindo como um louco,
percorrendo cada curva do seu corpo,
ao chegar ao final que é meu escopo,
o meu grito fica preso, eu fico rouco.


 17/11/05-VEM

 
Vanderleis Maia
Enviado por Vanderleis Maia em 30/11/2005
Reeditado em 09/04/2009
Código do texto: T78919
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
Vanderleis Maia
Imperatriz - Maranhão - Brasil
1412 textos (110802 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 09/12/16 21:13)
Vanderleis Maia