Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

ESTRATÉGIA AMOROSA

Tenho um plano
que é, por si,
muito simples.
Mas preciso, para isto,
apreender-te no todo,
do jeito exato como és.
E assim, apreendido,
aprendido e compreendido,
amar-te,
o tu que existe de fato,
e não algum outro inventado.
Meu plano requer táticas.
Algumas mais agressivas,
a maioria sutis.
Tenho que saber
falar contigo
e escutar-te atenta.
E, numa linguagem muda,
sem que precise palavras
erguer uma ponte indestrutível
por onde caminhemos
um na direção do outro.
E juntos também, meu amor,
ainda que não o saibamos.
Preciso também uma tática
que me cole nas tuas lembranças.
Não sei bem como
ou com que desculpa ou pretexto.
Mas permanecer em ti.
Há também uma tática
igualmente importante:
que eu te seja franca
e tu também o sejas comigo:
desta maneira,
nem nos venderemos ao mundo,
nem nos converteremos
em arremedo de amor
e entre nós, por isso mesmo,
não haverá espaços vazios ou abismos.
Mas o meu plano final,
ao contrário de todas minhas táticas,
é um só e muito simples:
chegar ao dia em que,
ao  cabo de tudo,
precises muito de mim
porque me ames.
Não que me ames
porque de mim necessites.


Débora Denadai
Enviado por Débora Denadai em 30/11/2005
Código do texto: T79031

Copyright © 2005. Todos os direitos reservados.
Você não pode copiar, exibir, distribuir, executar, criar obras derivadas nem fazer uso comercial desta obra sem a devida permissão do autor.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre a autora
Débora Denadai
Caracas - Distrito Federal - Venezuela, 54 anos
722 textos (154021 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 06/12/16 12:32)
Débora Denadai