Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Amor,retrato,chuva e solidão

Amor meu, meu amor,amor meu
Vendo-te nesta noite,
neste retrato,que furtei de ti
Acompanhado da minha companheira
Desprezada e fiel companheira
De nome solidão

Vendo-te neste retrato que me restou
Nesta noite de chuva e relãmpagos
Penso muito em ti
Desespero,ódio, pesar da vida ser assim
Vontade de morrer e sobreviver
Medo de aceitar a verdade
que a vida é assim

Lágrimas caem em gotas ao chão
Seu retrado é tudo que restou a mim
Perfeita imagem,que me prende
Ao seu sorriso, que parece ser pra mim

E te amei,te amo e te amarei
Sempre te amarei
Nesta noite morreria tão feliz
Se apenas pudesse gritar a ti
O que sinto agora,o que és para mim

Que este amor, é mais que rimas
Mais que palavras de poesias
Que te amo em desespero
Desespero de saber que não
Viverá para mim,mas longe de mim

Amo-te tanto,"nem Deus pode medir"
O tamanho deste amor que sinto por ti
Este amor sublime é, perfeito também
Em desespero olhando seu retrato
Nesta noite de chuva e relâmpagos

E minha fiel companheira estas aqui
Desprezada é por mim
Minha companheira solidão
Lá fora chuva cai, sem compromisso
Esta noite não vou resistir
Meu ultimo suspiro será assim
Em soluços e lágrimas

Estou chorando por ti
Sabendo a verdade,que não viverás para mim
Mas grito seu nome em meio a soluços
Abro a janela e grito seu nome
Grito seu nome desesperadamente, eu grito
Como se o vento pudesse te levar

Meus gritos de amor para lhe chamar
Dizendo"Aqui estou,sofrendo por ti"
"Imploro-te chuva,traga meu amor,imploro-te
Em lágrimas te imploro"
Mas nada muda,a chuva é surda

Oro a meu Deus ,pai do Céu
"Me traga ela agora,imploro-te
Não te peço mais nada.Te dou minha vida
Meu querido Deus,Criador todo poderoso
Imploro-te Deus meu"

Em lágrimas em meio a chuva
Em meio a dor,já nem sei se estou vivo
Apenas sei do seu nome,
O quanto é valioso para mim
O quanto me és preciosa
O quanto és tudo para mim...
Deoclécio Rodrigues
Enviado por Deoclécio Rodrigues em 01/12/2005
Reeditado em 01/12/2005
Código do texto: T79585

Copyright © 2005. Todos os direitos reservados.
Você não pode copiar, exibir, distribuir, executar, criar obras derivadas nem fazer uso comercial desta obra sem a devida permissão do autor.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
Deoclécio Rodrigues
Ribeirão Preto - São Paulo - Brasil
107 textos (5269 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 02/12/16 16:41)
Deoclécio Rodrigues