Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

PAIXÃO

Com todas as rimas eu canto,
Oh homem do meu encanto
Tua boca que ri do meu pranto.

Dispo os véus de muitas cores,
Digo palavras de pecadores
Dou-te meu corpo sem pudores.

Sorvo teu hálito benfazejo
Num quente longo beijo
E tua mão aguça o desejo

De me perder em louca orgia,
Pois morro de tanta agonia
Se não estás presente todo dia.

A fome de ti me governa,
Sua ânsia apaga a lanterna
Que tenho à porta da taverna

Da minh’alma sedenta de prazer
Que, sem saber o que fazer,
Vaga no deserto de te querer.


01/11/04.
Maria Hilda de Jesus Alão
Enviado por Maria Hilda de Jesus Alão em 26/03/2005
Código do texto: T7965

Esta obra está licenciada sob uma Licença Creative Commons. Você pode copiar, distribuir, exibir, executar, desde que seja dado crédito ao autor original (Cite o nome do autor). Você não pode fazer uso comercial desta obra. Você não pode criar obras derivadas.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre a autora
Maria Hilda de Jesus Alão
Santos - São Paulo - Brasil
848 textos (339189 leituras)
19 áudios (10567 audições)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 29/09/16 20:48)
Maria Hilda de Jesus Alão