Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

MINHA SEREIA

Bem no fundinho do mar,
surge uma luz do infinito
luz que me cega a alma
e me queima  a vista,


minha sereia do mar
ergendo em sua cabeça
a tiara de conchas cravada
com pérolas, fazendo balançar
sua cauda brilhante no mar

faz-me refletir
sobre a paisagem no mar
luz intensa que
me cega os olhos

Preenchendo o meu prazer,
entre mares e oceanos,
banhando meus seios amantes,
borbulhando nas águas,
anunciando a sua chegada


Batendo a longa barbatana,
na beira da praia, vou olhar,
minha sereia encantada,
um amor agradavel,
sei que vais me dar.
Hawa Issufo
Enviado por Hawa Issufo em 02/12/2005
Reeditado em 02/03/2007
Código do texto: T79956
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre a autora
Hawa Issufo
Moçambique, 37 anos
64 textos (5573 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 10/12/16 22:31)
Hawa Issufo