Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto
CONEXÃO DO AMOR

Tuas palavras não me dizem nada,
Saudante do meu refúgio amador,
Do nada, perdido, vazio sem água,
Secando o meu coração de dor.

Aspiro preencher as tuas lacunas
Da tua imensidão sumida, iludida,
Dentre as savanas longas partidas,
Ainda vais levar um amor sofrido.

Seja de que jeito for, eu sempre vou,
Não importa o dia, a era e nem a hora,
Não importa a ocasião que faz desilusão,
Eu vou me fazer para você com emoção.

Vou arrancar esse coração palpitante,
E de um abraço prolongado, beijar-te-ei,
Segurando os teus cabelos, amaciantes,
Cavalgando no teu amor, amar-te-ei.

Mesmo que eu não sirva como o teu bel,
Máculas olvidáveis irão romper o silêncio,
Nem que seja pela primeira e última vez,
Tua película vai inflamar em nossa cadência.

De um belíssimo prazer irás sentir,
Num cordão de infindáveis beijos,
Lá, lá, dentre as quatro paredes,
Suspirando os nomes - Eu e você.


(D.R.A)
ERASMO SHALLKYTTON
Enviado por ERASMO SHALLKYTTON em 02/12/2005
Reeditado em 26/06/2006
Código do texto: T80227
Classificação de conteúdo: seguro

Copyright © 2005. Todos os direitos reservados.
Você não pode copiar, exibir, distribuir, executar, criar obras derivadas nem fazer uso comercial desta obra sem a devida permissão do autor.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
ERASMO SHALLKYTTON
Caxias - Maranhão - Brasil
4168 textos (2054813 leituras)
1 áudios (971 audições)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 03/12/16 14:03)
ERASMO SHALLKYTTON

Site do Escritor