Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

QUE TORMENTO

QUE TORMENTO...



Que tormento!
Sentir a cada momento,
que pensar não posso...

Quando penso,
lágrimas derramo...
É um amor intenso
que assim chamo
e cada vez mais reforço!

É um imenso esforço
não pensar...
É um a mim própria
renunciar...
É uma vontade imprópria
de tudo esquecer...
É um desejo louco
de, pouco a pouco,
voltar... retroceder!
É uma procura de amor,
é uma busca de afecto,
valores que à vida dão valor,
e dela são o grande objecto!

E,
se é um tormento
sem amor viver,
se a cada momento
procuro esquecer
esta dolorosa carência...

se luto para não pensar...
terei de me dispensar
e afastar... da minha essência!






HELENA BANDEIRA
Enviado por HELENA BANDEIRA em 04/12/2005
Código do texto: T80903
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre a autora
HELENA BANDEIRA
Portugal
397 textos (11666 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 08/12/16 06:13)
HELENA BANDEIRA