Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Pintora da saudade

Pintora da saudade


Pintora da saudade, é meu destino.
Ausente de ti, uso-me, sou pincel...
Apanho tintas, meus tons, em desatino,
Deitam as horas em um preto cruel

Às vezes, surge alguma rosa vermelha...
Matiz em sangue, pétalas e perfume,
Mas do sol não me cai nenhuma centelha
Pra me aquecer a alma com teu ciúme

De nós dois, ai de mim! repinto, ausentes,
O teu olhar, tuas mãos perdidas nas minhas,
A embriaguez dos nossos súplices toques...

Retrato, em mim, momentos nossos, ardentes,
Tenho-os na memória; chamas em linhas...
Meu corpo...tela feita amor sem retoques


Lizete Abrahão
Enviado por Lizete Abrahão em 04/12/2005
Código do texto: T81049

Esta obra está licenciada sob uma Licença Creative Commons. Você pode copiar, distribuir, exibir, executar, desde que seja dado crédito ao autor original. Você não pode fazer uso comercial desta obra. Você não pode criar obras derivadas.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre a autora
Lizete Abrahão
Porto Alegre - Rio Grande do Sul - Brasil
89 textos (3325 leituras)
5 áudios (129 audições)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 06/12/16 14:12)
Lizete Abrahão