Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

***COISAS DA VIDA***

***COISAS DA VIDA***

 


Em uma noite de outubro,

Andando por caminhos incerto

Em mundos desconhecidos

Viajando nos sonhos

E com os pés firmes na realidade.

Foi assim que lhe conheci...

E pude ver o mais lindo sorriso

Cheio de encanto e ternura

Enquanto eu estava como ave

Perdida nos escuros da vida

Querendo fugir do sofrimento

E muito menos passar pelo assistente do tempo

Lá estava eu... Novamente voando

Deixando meus pensamentos também no ar

Querendo fugir dos problemas das minhas inseguranças

Pois há tempos dentro de mim já havia morrido a esperança...

E confiança já não existia.

Confiança esta que tinha depositado no amor.

E a vida veio e me levou, foi cruel nem perguntou se podia...

Assim eu estava como ave perdida nos escuros da vida,

Seu sorriso me libertou sua ternura me cativou e agora livre estou...

Para seguir meu caminho e viver minha historia com muita paz e amor.

 

 

 

 

Autora Nadir Vilela

(direitos autorais reservados)

Em 26-10-2005 Brasil-Itatiaia-Penedo

Nadir Vilela Poetisa
Enviado por Nadir Vilela Poetisa em 10/12/2005
Código do texto: T83830

Esta obra está licenciada sob uma Licença Creative Commons. Você pode copiar, distribuir, exibir, executar, desde que seja dado crédito ao autor original. Você não pode fazer uso comercial desta obra. Você não pode criar obras derivadas.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre a autora
Nadir Vilela Poetisa
Itatiaia - Rio de Janeiro - Brasil, 52 anos
572 textos (84744 leituras)
63 áudios (23024 audições)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 06/12/16 06:33)
Nadir Vilela Poetisa