Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

***Só delírios***

***Só delírios***



N-Não existes obra maior de “DEUS”
A beleza so és tú…
D-Dentro e fora deste mundo
I-Intimensato te vejo agora e…
R-Revejo, Repenso o primeiro beijo.


Valeu e sempre valerá a pena, enquanto restar apenas dois lábios de duas pessoas que se amem, “Não existe amor impossível, existe esse nosso não assumido”
Descansaremos em nosso leito, amando enfim...
Cordilheira ou imutável paraíso,
Beijaremos a verdade pura e nua,
Verei cristalizar-se o sonho lindo...
O meu amor tu és o mais errantes  dos sonhos,
Homem meu, eu vou amar contigo!
E adormecer de novo na aventura,
Dos sonhos do luar, a mente pura...
E só delirar de desejos na esperança de ser tua...


Autora Nadir Vilela
(direitos autorais reservados)
Em 21-02-1997 Brasil-Itatiaia-Penedo



Nadir Vilela Poetisa
Enviado por Nadir Vilela Poetisa em 11/12/2005
Código do texto: T84425

Esta obra está licenciada sob uma Licença Creative Commons. Você pode copiar, distribuir, exibir, executar, desde que seja dado crédito ao autor original. Você não pode fazer uso comercial desta obra. Você não pode criar obras derivadas.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre a autora
Nadir Vilela Poetisa
Itatiaia - Rio de Janeiro - Brasil, 52 anos
572 textos (84746 leituras)
63 áudios (23024 audições)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 09/12/16 23:19)
Nadir Vilela Poetisa