Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Há momentos!

Há momentos!


Em que a nossa fé é pequena
Em que a nossa força nada pode
Em que precisamos de alguém para nos ouvir
Alguém para nos dizer uma palavra de ânimo.

São horas em que você não encontra mais ninguém
Ninguém caminhando na mesma direção
O caminho se torna deserto, árido, seco de afeição

São minutos intermináveis, insondáveis
E não por quem chamar, não há quem ouvir
Não ter o que dizer e não dizer o que quer

Há momentos que são realidades eternas
São dores que não podemos anestesiar
São gritos que não podemos gritar
São pensamentos que não querem calar

Ainda assim, sem estes momentos
Jamais saberíamos o quanto somos limitados
Dependentes, carentes, débeis, humanos.

Há dias que são para refletir
Para sentir, para sentar e chorar
Para chorar e só muito depois sorrir.


Luciano Costa
Antonio Luciano da
Enviado por Antonio Luciano da em 12/12/2005
Código do texto: T84775
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
Antonio Luciano da
São Fernando - Rio Grande do Norte - Brasil, 39 anos
644 textos (88920 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 18/11/17 19:50)
Antonio Luciano da