Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Alma Insana

Alma Insana
 
Esse doce e enebriente sentimento que nos arrasta a alma

Transformando-a em lamentos

Que nos deixa com o nó apertado a garganta

Sufocando desejos,beijos, deixando-nos sem chão

A andar sobre as nuvens

Querendo agarrar as estrelas

E leva-las connosco na palma das nossas mãos....

Esse amor louco e insano

Que destroi a alma

Nos tornando parte do que éramos

Fazendo-nos perder o raciocino

O tino

E tudo mais que deveríamos ter

Nos levando a caminhar por caminhos pedregosos

A ferir-nos com cilicio

A gozar entre lamurias

Um destino não escolhido

Esse doce e enebriente sentimento que nos arrasta a alma

Que deita abaixo convicções

Meras leis da sociedade moralista

Condenando o amor como algo

Vil e sujo

Esse doce e enebriente amor maduro

Que já existia a longo tempo

Mas adormecido se encontrava

No fundo do meu eu desaparecido

Fugi de mim para viver esse amor...

E eis que volto-me....

Volto-me completamente para dentro de ti

A fugir de mim .....
 
Wanda Ayala
Enviado por Wanda Ayala em 12/12/2005
Código do texto: T84909

Esta obra está licenciada sob uma Licença Creative Commons. Você pode copiar, distribuir, exibir, executar, desde que seja dado crédito ao autor original (Wanda Ayala-www.recantodasletras,.uol.com.br). Você não pode fazer uso comercial desta obra. Você não pode criar obras derivadas.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre a autora
Wanda Ayala
Portugal
425 textos (36700 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 06/12/16 08:29)
Wanda Ayala