Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Antágonos

Mesmo quando você diz que tem outro amor
Mesmo quando diz que não me quer mais
Não consegue olhar em meus olhos, e daí
Percebo que é mentira
 
O seu não assumir,
Não me interessa o que quer dizer,
O seu não me amar,
É só teoria.
 
E aqui me instalo aguardando suas palavras
O seu não definitivo
Pois, até dói saber que tua cama é de outro
Mas, mesmo com outro, me dá pelo ao menos
O teu coração
 
E mesmo sendo trágico,
Tento que seja cômico...
Mas nunca patético,
Porque o hoje, o agora,
Mesmo parecendo confuso
Eu quero amanhã claro e terno
Assume o que você sente por mim
Toma coragem de enfrentar
Vem ver os teus dias mais coloridos.
 
Aqui estou.
Rindo e chorando
Amando e odiando
Tentando roubar você dos braços de alguém
Puxando pros meus
Caminha e me acha.
É fácil
Basta querer
Arruma um tempo,
Ajusta teu relógio,
Faça com que ele não passe
Faça que o tempo pare
E me ama, me assume, me queira.
Volta pra onde você nunca veio.
Caminha pelos atalhos da paixão
E encontra o meu coração
Priscilia Nascimento
Enviado por Priscilia Nascimento em 29/03/2005
Reeditado em 02/04/2005
Código do texto: T8491
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre a autora
Priscilia Nascimento
Recife - Pernambuco - Brasil, 35 anos
222 textos (24431 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 02/12/16 16:39)
Priscilia Nascimento