Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Amor distante

Não sei como e porque acontece.
meu rosto enrubesce,
meu desejo aflora,
meu coração dispara,
meus olhos desejam,
minhas mãos transpiram,
a pulsação acelera.
Mas ele, não se agita.
Amor distante, quero ter você a todo intante.
Olhar nos olhos, afagá-lo.
Deslizar a mão em teus cabelos, tocá-lo.
Nunca poderei te esquecer.
Mesmo que eu tente, será em vão.
Você estará sempre em meu coração.
Como o mar está para a praia,
Como a lua está para as estrelas,
Como o dedo está para o anel.
Amor distante, hoje estamos juntos, amanhã...
Não saberemos.
Mas que fique em cada momento gravado,
As loucurar que vivemos.
Célia F
Enviado por Célia F em 12/12/2005
Código do texto: T85098
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre a autora
Célia F
Diadema - São Paulo - Brasil, 57 anos
130 textos (4683 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 06/12/16 20:20)
Célia F