Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

DESALENTO DE AMOR/José Gorki&Denise Severgnini

Que desalento eu sinto,
TANTO SENTIMENTO
GUARDADO EM MEU RECINTO
PRECIOSO CORAÇÃO

Que tristeza infinita
A FRIEZA DA PALAVRA
SIMPLESMENTE DITA
SEM EMOÇÃO

Habita os dias meus!
PALPITA O PEITO
A DOR DO ADEUS
NA TUA PARTIDA

A flor que era só minha
DESMERECEU SUA COR
COMIGO NÃO MAIS CAMINHA
ESCOLHEU OUTRA VIDA

Das promessas esqueceu
TUAS FALAS, NEM COMEÇAS
A DIZER-ME QUE PERDEU
O QUE TE DEI AO TEMPO

Saiu ao vento, que desdita!
DEIXOU-ME AO DESALENTO
SEM PRESENTE, SEM FITA
NENHUM CONTRATEMPO...

Seu néctar a outros pertenceu.
DEIXOU-OS SE EMBEBEDAR
MAS O POUCO QUE ELA ME DEU
NO CORAÇÃO VOU GUARDAR



JOSÉ GORKI/DENISE SEVERGNINI

Denise Severgnini
Enviado por Denise Severgnini em 14/12/2005
Reeditado em 14/12/2005
Código do texto: T85946

Esta obra está licenciada sob uma Licença Creative Commons. Você pode copiar, distribuir, exibir, executar, criar obras derivadas, desde que seja dado crédito ao autor original (Denise de Souza Severgnini http://www.denisesevergnini.recantodasletras.com.br) e as obras derivadas sejam compartilhadas pela mesma licença. Você não pode fazer uso comercial desta obra.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre a autora
Denise Severgnini
Novo Hamburgo - Rio Grande do Sul - Brasil, 57 anos
11345 textos (916772 leituras)
16 áudios (8882 audições)
311 e-livros (34110 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 11/12/16 00:20)
Denise Severgnini