Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Poema 0534 - De pé


 
Em pé, no leito, mostram-lhe a vida,
de pé no chão, arrastam pequenas dores,
de pé em pé caminha lentamente para fora do quarto;
em pé é transeunte de tua saudade.
 
Caminha teus novos caminhos novos,
volta a reconhecer velhos rastros na terra batida,
pisando a cada passo a tua infelicidade,
até que o sol aponte no dedão do pé.
 
O brilho sobe pelas pernas até o joelho,
lembrando-te das promessas, das últimas, de todas...
o calor aquece acima, um pouco além dos genitais,
lembrando-te da mulher amada, voltam a ti os desejos.
 
Vai sol corpo acima, vai sol, queima a carne fria,
brilhe, faz fixar luz no peito gelado de saudade,
vai sol, aquece este coração não tão vazio,
enquanto teus pés lhe põem de volta a caminhar.
 
Num repente, nos olhos brilham a luz dourada da vida,
os reflexos fluem rápido como sangue em uma veia vazia,
a luz volta, a luz deseja luz,
de pé, volta a caminhar apenas amor.
 
15/12/2005
Caio Lucas
Enviado por Caio Lucas em 15/12/2005
Código do texto: T86480
Classificação de conteúdo: seguro
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
Caio Lucas
São Paulo - São Paulo - Brasil, 68 anos
4429 textos (116252 leituras)
1 e-livros (166 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 10/12/16 10:46)
Caio Lucas