Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Versos noturnos

Que nos erguem neste momento
Tirando as nossas almas da dor
Nesta madrugada, em imensa solidão
Que corrói e destrói o pensamento
Desabando tudo e nos levando
Ao tétrico caos que assola o mundo
E em tristezas desarvora o coração
Versos noturnos, ternos e sinceros
Completos por nossos devaneios
E nos entregamos aos eternos juramentos
Evolvidos por nossa volúpia e emoção
Edificando o nosso amor com furor
Nesta vivência em querença que será tida
Por nós como um eterno complemento.

D.A.Reservados



Uma Mulher Um Poema
Enviado por Uma Mulher Um Poema em 16/12/2005
Código do texto: T86697
Classificação de conteúdo: seguro

Copyright © 2005. Todos os direitos reservados.
Você não pode copiar, exibir, distribuir, executar, criar obras derivadas nem fazer uso comercial desta obra sem a devida permissão do autor.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre a autora
Uma Mulher Um Poema
São Paulo - São Paulo - Brasil
2887 textos (497200 leituras)
75 áudios (27399 audições)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 07/12/16 14:42)
Uma Mulher Um Poema

Site do Escritor