Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Atenta em mim...

Vira-te.
Olha o meu rosto...
Sangra tristeza
pela alegria de conhecer o infinito.
E brinca com o passado,
já trémulo e fatigado
pelas rugas de solidão.
E mostra o que é
sem deixar a máscara que o cobre,
de vez em quando.
É amando e desejando
que vive com expressão,
expressão do sentimento,
com movimentos contraditórios
na sua beleza e imperfeição
que revoltam tudo,
num segundo imundo
de deambulação pelas ruas
obscuras, obstinadas,
cheias de lixo e relíquias do coração.
E envolve o pensamento
que não se permite pensar muito
em nada mais senão o infinito.
E age como o espelho da alma,
mas é o espelho da vida,
que dura e muda em segundos hesitantes.

14 de Agosto de 2003
Vera Lorena
Enviado por Vera Lorena em 16/12/2005
Reeditado em 17/12/2005
Código do texto: T86845

Esta obra está licenciada sob uma Licença Creative Commons. Você pode copiar, distribuir, exibir, executar, desde que seja dado crédito ao autor original (cite o nome do autor e o link para a obra original). Você não pode fazer uso comercial desta obra. Você não pode criar obras derivadas.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre a autora
Vera Lorena
Portugal
31 textos (930 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 03/12/16 00:34)
Vera Lorena