Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

PARE!

Pare! Apenas me ouça...
Quero falar do que sinto,
Abrir o meu coração,
Dizer que minha paixão

Foi coisa predestinada,
Sem esperança de volta.
Perdi o leme do barco,
Naufraguei no seu mar

Levada pela tempestade
Das nossas noites de amor.
Nadei contra a corrente,
Agarrei-me aos destroços,

E cá estou sem remorsos
Querendo expor de minh’alma
As profundas cicatrizes
Ganhas na breve batalha.

Pare! Apenas me ouça...

25/01/05.

Maria Hilda de Jesus Alão
Enviado por Maria Hilda de Jesus Alão em 30/03/2005
Código do texto: T8716

Esta obra está licenciada sob uma Licença Creative Commons. Você pode copiar, distribuir, exibir, executar, desde que seja dado crédito ao autor original (Cite o nome do autor). Você não pode fazer uso comercial desta obra. Você não pode criar obras derivadas.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre a autora
Maria Hilda de Jesus Alão
Santos - São Paulo - Brasil
848 textos (343271 leituras)
19 áudios (10580 audições)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 09/12/16 10:03)
Maria Hilda de Jesus Alão