Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Perdão

Perdão
De Iolanda Brazão


Eu avisei, alertei, implorei!
Disse claramente que tudo era ilusão
Tentei de todas as formas
Chamar sua atenção
Mais que de repente você afirmou que não
Foi catedrática
Tudo terminava ali
Não haveria retorno
Outra vez me humilhei
Não me contive chorei
De nada adiantou
Ouvi um implacável não
Então com o coração estraçalhado
Tive que acatar sua decisão
Tudo estava acabado, encerrado
O  que existia, tinha chegado ao fim
Mas apesar de todo sofrimento
Eu tive que acatar sua decisão
Tive que usar a razão
Entender que era uma escolha sua
Você não mais me amava
Era a dura conclusão
Hoje, ao abrir a porta a encontro
Depois de tanto tempo
Você volta, pra pedir perdão
Tenho que controlar minha emoção
Pra não me atirar em seus braços
Contenho-me, respiro fundo
Pra que não ouças a batida forte do meu coração
Então ouço falares em  arrependimento
Contar  assim todo tormento
Da luta da fantasia com a realidade
Da confusão da liberdade com libertinagem
Das grandes prisões  sem elos
Causados por sentimentos
Verdadeiros, nobres, arrebatador
Algo assim chamado amor
Que encanta, seduz!
Que prende , que liberta
Que tudo cura, perdoa!
E assim eu abro os braços
Te dou o meu abraço
Viro a página
E começo a escrever uma nova história
Com a certeza agora
Que será totalmente de gloria.





Iolanda Brazão
Enviado por Iolanda Brazão em 19/12/2005
Código do texto: T88262

Esta obra está licenciada sob uma Licença Creative Commons. Você pode copiar, distribuir, exibir, executar, desde que seja dado crédito ao autor original (Ex: cite o nome do autor e o link para a obra original). Você não pode fazer uso comercial desta obra. Você não pode criar obras derivadas.
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre a autora
Iolanda Brazão
Rio de Janeiro - Rio de Janeiro - Brasil
343 textos (32009 leituras)
3 áudios (627 audições)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 02/12/16 22:24)
Iolanda Brazão