Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Tempestade

Parece que o tempo fechou
E se faz chuvas sobre mim
Esfria, venta nos meus pensamentos
E agora escuto relâmpagos que eu mesmo criei

Sem mistérios, tudo lógico
Meu mundo entra em desastre momentaneamente
É você meu sol que está faltando
Separada de mim por nuvens de solidão

Minha paixão, meu amor, meu equilíbrio
Entram em desastre emocional
Fico aguardando tudo passar
O momento de te reencontrar

Distante, separado por necessidade
Me sinto num mundo em tempestades
Sem contato, separado por barreiras
Me entristeço, falta a sua verdade viva em mim

Como homem sem rumo no temporal
Aguardando o momento de seguir novamente
A verdade é que às vezes me sinto isolado, sentado num canto qualquer
Esperando a chuva passar, para poder te encontrar

Sem poder me comunicar
Sem poder falar naquele momento
Que te gosto e saber que me ouviu nesse instante
Receber a resposta na hora

São momentos de angustia
Não basta afirmar a mim
Quero sentir minhas palavras ecoar em você
E voltarem repetidas, repetidas, num eco sem fim





Terovydes
Enviado por Terovydes em 21/12/2005
Código do texto: T88968
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
Terovydes
São Paulo - São Paulo - Brasil, 57 anos
47 textos (2497 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 06/12/16 17:56)
Terovydes