Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Três fases da mesma face

São três histórias na mesma vida,
Três passagens e um só clamor;
As marcas de um passado recente,
As farpas do divino amôr.

No princípio fêz-se do verbo,
Construindo glamour e emoção,
Momentos de ternura infinita,
Vividos com fervor e paixão.

Passando o tempo, passou,
Findou pouco a pouco, nosso explendor,
Afundamos nossa esperança,
Confundimos nossas crenças,
Conhecemos nosso horror.

Cruel, essa passagem do tempo,
Intolerantes, nossa vida desmoronou,
Os santos de outrora romperam-se,
E o verbo aí desandou.

Pintei com aquarela de sangue,
Chorei, sem conter a minha dôr,
Pus fim aos nossos desencontros,
Foi o ocaso desse odioso amôr.

Olinda,agosto de 2005
Carlos Marinho
Carlos Marinho
Enviado por Carlos Marinho em 21/12/2005
Reeditado em 25/01/2006
Código do texto: T89174
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre o autor
Carlos Marinho
Olinda - Pernambuco - Brasil, 66 anos
63 textos (3942 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 07/12/16 18:41)
Carlos Marinho