Capa
Cadastro
Textos
Áudios
Autores
Mural
Escrivaninha
Ajuda
Textos
Texto

Partir sem você

Você soltou a minha mão.
Veja que há uma estrada à nossa frente.
Eu sei que ela é longa.
Sei que ainda não é tão bela.
Mas acredito que ela nos conduzirá ao jardim de nossas realizações.
E mesmo que venhamos a descobrir que
Esse jardim não passa de uma ingênua ilusão,
Ao menos teremos nos alimentado de esperança.
Pior é ficar aqui, inerte,
Aqui onde sabemos que nada mais há
Do que essa lama que tenta te engolir,
Essa lama que não te deixa ser nada além
Do que mais um alguém que se negou a sorrir,
A sonhar,
A lutar.
Perdoe-me.
Mas não posso ficar.
Eu sigo.
Ainda que de mãos trêmulas,
Ainda que me esforçando para não olhar para trás.
Deixar-lhe aqui é o que de melhor posso fazer por você,
Acredite.
Somente a você cabe a responsabilidade sobre sua vida.
Somente a você cabe escolher entre viver ou se entregar.
E quando vierem os frutos, doces ou amargos, lembre-se:
Foram as suas mãos que plantaram as sementes.
Cinthya Danielle dos Reis Leal
Enviado por Cinthya Danielle dos Reis Leal em 22/12/2005
Reeditado em 22/12/2005
Código do texto: T89273
Enviar por e-mail
Denunciar

Comentários

Sobre a autora
Cinthya Danielle dos Reis Leal
Petrolina - Pernambuco - Brasil, 40 anos
165 textos (73403 leituras)
(estatísticas atualizadas diariamente - última atualização em 06/12/16 18:17)
Cinthya Danielle dos Reis Leal